Tag Archives: atleta

Nike desenvolve hijab para atletas muçulmanas

9 mar

A Nike anunciou para a primavera de 2018 o lançamento da linha “Pro Hijab”. Hijab é a vestimenta usada pela maioria das mulheres muçulmanas, tipo um lenço que cobre a cabeça.08HIJAB2-web-blog427

E foi pensando no conforto das atletas que usam hijab que a Nike desenvolveu sua linha. Feita de um material leve, bastante elástico e com vários mini furos que auxiliam na respiração, a peça foi desenhada para que não caia com o movimento dos exercícios e será vendida em três cores: preto, cinza e marinho.

Em meio às medidas xenófobas de Donald Trump, que reforçam o preconceito aos muçulmanos, ver a gigante mundial dos esportes realizar um projeto em prol dessas atletas é de fazer a gente se encher de alegria!

Ponto pra Nike! Que, mais do que senso de oportunidade, mostra que através do esporte é possível integrar diferentes culturas e religiões.

08HIJAB4-web-master675

08HIJAB1-web-superJumbo

Fotos: Vivienne Balla /Nike

Fonte: New York Times

O último homem em pé

30 jul

Todo este clima de Jogos Olímpicos no ar me fez lembrar do vídeo no fim deste post. Nada tem a ver com moda, desculpem-me, mas acho que vale muito compartilhar por aqui porque tem a ver com nossa vida, com a capacidade de superação e de estar preparado para o momento da “sorte grande”.

Steven Bradbury é um ex-patinador australiano conhecido pela alcunha de The Last Man Standing (o último homem em pé). Foi exatamente isto o que aconteceu na final da patinação de alta velocidade nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002: apesar de Steven estar na última posição na corrida, ele foi o grande campeão, pois os outros oponentes caíram antes da linha de chegada. Naquele momento, ele se tornou também o primeiro australiano a ganhar uma medalha de ouro em Olimpíadas de inverno.

O ex-atleta é hoje um famoso palestrante motivacional na Austrália. Para Steven, seu título não foi somente a vitória de uma competição, mas a consagração de doze anos de dedicação ao esporte. Neste período, quase perdeu a vida quando um corte na perna que lhe fez perder 4 litros de sangue e rendeu 111 pontos. Ainda sofreu  outro acidente no qual quebrou o pescoço. A vitória nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002 pode até ter sido um grande golpe de sorte, mas ele só pôde ganhá-la em função de estar preparado para isto.

No vídeo abaixo ele conta um pouco da sua história. É em inglês, mas vale o clique mesmo que você não entenda a língua para ver a inacreditável imagem de sua histórica conquista.

 

%d blogueiros gostam disto: